Carnes processadas

Nas últimas décadas, com a vida agitada das grandes cidades, as carnes processadas ganharam espaço à mesa, na população em geral. Muitas pessoas apreciam o sabor, a variedade e a conveniência que elas podem oferecer. No entanto, as carnes processadas como presunto, salsicha, linguiça, bacon, salame, mortadela, peito de peru e podem aumentar a chance de desenvolver câncer. O consumo em excesso desses produtos deve ser evitado .

Carne processada é qualquer tipo de carne que tenha sido transformada por salga, cura, fermentação, defumação e outros processos para realçar sabor ou melhorar a preservação. São comumente usadas em sanduíches, salgados, pizzas e outras preparações rápidas. As substâncias presentes na fumaça do processo de defumação, os conservantes (como os nitritos e nitratos) e o sal podem provocar o surgimento de cânceres de estômago e intestino.

O consumo diário de 50 gramas de carne processada aumenta o risco de câncer colo-rectal em 18%, calculam os especialistas da Organização mundial de saúde.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s